Saiba como o Jet Stream é usado para produção de energia eólica

iStock.com / Jan Künzel A obtenção da energia eólica é feita por meio de aerogeradores, que usam hélices conectadas a grandes turbinas.

Cada vez mais popular, a energia eólica utiliza a força dos ventos para gerar energia elétrica. Trata-se de uma alternativa sustentável para a geração de energia, uma vez que o vento é um recurso inteiramente renovável e que não emite nenhum tipo de gás poluente ou resíduos.

A obtenção da energia eólica é feita por meio de aerogeradores, que usam hélices conectadas a grandes turbinas. O vento movimenta as hélices da turbina eólica, gerando energia mecânica que aciona um gerador responsável por converter esta energia mecânica em elétrica.

Para que um parque eólico produza uma boa quantidade de eletricidade, é fundamental que ele esteja instalado em local com bastante incidência de ventos. É aí que entra a importância de compreender as correntes de jato (Jet Streams) e saber exatamente onde elas ocorrem.

As correntes de jato são as correntes de ar que ocorrem na atmosfera da Terra. As principais correntes do planeta fluem na direção oeste-leste, mas existem outros tipos de corrente, que variam de acordo com fatores como a época do ano, altitude, temperatura e pressão atmosférica.

De acordo com pesquisas, os Jet Streams mais velozes ocorrem na troposfera do planeta, a quilômetros de altitude. O enorme potencial dessas correntes de ar ajudaria a produzir grande quantidade de energia eólica. Para aproveitar essas correntes, em vez de grandes torres com turbinas de aço, são utilizados balões inflados com gás hélio que se assemelham a dirigíveis.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.