Como reciclar borracha vulcanizada?

© Depositphotos.com / nirutdps A reciclagem da borracha vulcanizada cria misturas que podem ser utilizadas no recapeamento de ruas.

A borracha vulcanizada se tornou mais durável após passar por um processo bioquímico de cura. Durante a vulcanização, o látex leitoso de uma árvore é combinado com um ingrediente de cura – geralmente enxofre – e aquecido sob pressão. Este processo, que foi descoberto por um inventor americano chamado Charles Goodyear, em 1839, fez a borracha se tornar mais estável, mais tolerável e mais resistente ao calor, ficando mais útil para fins industriais e ideais para determinados produtos. Seu nome vem de Vulcano, o deus romano dos ferreiros.

Antes de a vulcanização ser descoberta, a borracha natural poderia ser coagulada com ácido e, assim, ficava mais maleável, de modo que ela pudesse ser moldada e formada. Em altas temperaturas, porém, a borracha se torna pegajosa ou derrete. Nas baixas temperaturas, a borracha se torna frágil. Essas qualidades fizeram este tipo de borracha impraticável para uso em ambientes industriais.

A vulcanização combina quimicamente a borracha e enxofre. A alta pressão e alta temperatura, os átomos de enxofre formam ligações ou pontes entre as longas cadeias de moléculas. Isto força e aumenta a durabilidade e reduz a sua viscosidade. Ele também faz a borracha manter a sua elasticidade em uma gama muito maior de temperaturas, tornando o modelo vulcanizado mais útil para muitas finalidades.

A reciclagem da borracha vulcanizada poderá gerar misturas com asfaltos, assim cria-se recapeamento de ruas, construção de novas rodovias, pisos para parques e muito mais. Vale ressaltar o fato de que a borracha quando triturada garante ganho de vida útil ao asfalto, já que criará maior aderência. Contudo, existem várias formas de reciclar esse produto, mas não podemos negar que o modelo microondas permite a reutilização da matéria-prima com novos produtos.

As empresas podem lidar com borracha em uma variedade de maneiras e desenvolver características diferentes. Algumas precisam ser mais duras ou mais flexíveis do que outras, e em alguns casos são necessárias tolerâncias muito altas. Outras podem necessitar operar apenas em uma gama limitada de temperaturas e, assim, não necessitam de tal tratamento extensivo antes de estarem prontas para reutilização.

Técnicas de vulcanização diferentes podem permitir às empresas escolher a partir de uma biblioteca de opções quando se preparam produtos de borracha, tanto para novos produtos e substituição de gastos de borracha e componentes em produtos existentes. Por fim, é fundamental que o processo de reciclagem remova as ligações de enxofre, produzindo desta forma um material que seja totalmente reaproveitável.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.