Descarte de medicamentos: qual sua importância?

freeimages.com / PeterFra Os medicamentos vencidos devem ser levados aos pontos de coleta.

Aprender a separar e a descartar cada material no lixo certo pode ajudar e muito na hora de reciclar os resíduos em casa. As latinhas de alumínio e garrafas PET, por exemplo, devem ser lavadas, furadas e amassadas para que possam ir para o lixo reciclável.

Com remédios e medicamentos vencidos o processo ocorre da mesma forma, eles devem ser retirados de suas embalagens e enviados para o lixo separadamente. Cartelas com sobras de comprimidos e vidros que contém restos de líquidos devem ser corretamente encaminhados para pontos de coleta.

Um estudo realizado pela faculdade Oswaldo Cruz revelou um dado preocupante. Cerca de 70% dos consumidores não descartam de forma correta os medicamentos vencidos. A pesquisa aponta também que em cada 10 consumidores, 7 jogam remédios e suas sobras no esgoto ou no lixo comum. Uma atitude perigosa visto que medicamentos descartados incorretamente podem poluir o solo e a água, trazendo risco para o meio ambiente e para saúde das pessoas.

Postos de coleta de remédios e medicamentos vencidos

Na cidade de São Paulo as unidades básicas de saúde (UBS) recebem medicamentos e remédios para o descarte. Confira a lista completa no site da prefeitura: (http://www.prefeitura.sp.gov.br/)

Além das unidades de saúde, o programa Descarte Consciente também permite que os remédios sejam devolvidos em farmácias. Atualmente, existem 23 postos de coletas cadastrados. Veja a lista completa no site do programa e preserve você também o meio ambiente!


Vídeo retirado do canal “Momento Ambiental” do youtube.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.