Produtos de limpeza ecológicos: como diminuir os impactos ambientais causados pelo uso de sabão e detergente

Diariamente, todas as pessoas fazem uso de diversos produtos de higiene que são fundamentais para a manutenção da qualidade de vida e saúde das pessoas e do ambiente em que elas vivem. Entretanto, boa parte dessas substâncias pode ser prejudicial para o meio ambiente, especialmente as que produzem espuma.

flickr.com / Rex Turgano Embora essenciais para a higiene e saúde, produtos de limpeza podem ser muito prejudiciais para o meio ambiente.

Isso porque, após a lavagem e enxágue, os produtos de limpeza geralmente vão parar no sistema de esgoto. Quando a rede não recebe o devido tratamento, essas substâncias acabam por atingir lagos e rios, causando impactos negativos devastadores para a vida aquática.

Vale destacar que detergentes e sabões possuem, em sua constituição, substâncias que diminuem a tensão formada entre dois líquidos, proporcionando a junção de óleo e água. Essas substâncias são chamadas de tensoativas, e é justamente por causa delas que usamos esses produtos para a limpeza.

Além disso, os detergentes possuem diversos compostos que interferem na oxigenação da água, prejudicando ecossistemas subaquáticos e causando a morte de diversas espécies que dependem da água até para a respiração.

Produtos de limpeza que formam espuma também são prejudiciais porque a presença dessas bolhas impede a entrada de luz necessária para a fotossíntese dos organismos subaquáticos.

Portanto, é importante que o consumidor saiba que todos os produtos de higiene causam impacto ambiental de alguma forma. Assim, ele pode optar pelo consumo sustentável e utilização de formas alternativas de limpeza e que causam menores danos, como varrer ou utilizar produtos caseiros para a limpeza.

 

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.