Toyota planeja a cidade do futuro

A Toyota revelou recentemente os seus planos de construir um protótipo de cidade do futuro em um local de aproximadamente 70 hectares na base do Monte Fuji, no Japão.

O projeto recebeu o nome de Woven City, que pode ser traduzido como “Cidade Tecida” e prevê um ambiente totalmente tecnológico. De acordo com a empresa, a cidade será uma espécie de laboratório vivo, que possibilitará aos moradores vivenciar em período integral uma vida futurista, usufruindo de todas as tecnologias disponíveis em suas casas inteligentes.

Para o projeto de Woven City, a Toyota contratou o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels, fundador e diretor do Bjarke Ingels Group (BIG) e um dos maiores nomes da arquitetura sustentável do mundo.

Cidade planejada

O planejamento da cidade possui algumas peculiaridades, dentre elas, o trânsito. Em Woven City haverá diferentes tipos de ruas que visam separar o tráfego em três caminhos distintos: para veículos mais rápidos, para mobilidade de baixa velocidade e também para pedestres. E para o deslocamento, os moradores só terão à disposição veículos totalmente autônomos e com zero emissão de poluentes.

A cidade está planejada para ser totalmente sustentável, com edifícios feitos principalmente em madeira, utilizando marcenaria japonesa tradicional, combinada com métodos de produção robótica. Os telhados serão cobertos por painéis fotovoltaicos para gerar energia solar, além de também contar com a geração de energia elétrica a partir de geradores movidos a células de hidrogênio. Além disso, o verde também estará presente por toda a parte.

As residências serão equipadas com tecnologia de ponta para facilitar a vida diária. As residências contarão com a Inteligência Artificial para verificar a saúde dos ocupantes, cuidar das necessidades básicas e melhorar a vida cotidiana.

Como forma de incentivar o contato humano, haverá parques e uma praça central para reuniões sociais.

A Toyota planeja que Woven City seja habitada por funcionários da Toyota Motor Corporation e suas famílias, além de casais aposentados, varejistas, cientistas e parceiros do setor. O plano é começar a cidade com dois mil moradores e ir ampliando as moradias, à medida que o projeto evolui. A cidade do futuro está prevista para ser lançada no início de 2021.

Enquanto isso, dá para se ter uma ideia de como será a cidade, vendo este vídeo:

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.