Por que separar os resíduos por tipo é tão importante?

É cada vez mais evidente a necessidade em colaborar com a reciclagem. Entenda porque a separação de resíduos é tão importante para este processo.

Quando separamos os recicláveis em lixeiras ou tambores específicos – para papel, plástico, alumínio e vidro – conseguimos reduzir drasticamente a contaminação desses materiais. Por exemplo, papel e vidro são facilmente recicláveis, no entanto, uma garrafa quebrada pode contaminar os papéis limpos que poderiam ser reciclados. E quando isso acontece, tudo acaba indo para os aterros, gerando desperdício e ocupando um espaço que poderia ser evitado com a reciclagem.

É por isso que, ao serem separados na fonte, os recicláveis podem ser facilmente inseridos na cadeia da reciclagem, garantindo que tudo o que seja separado, tenha uma destinação ecologicamente correta.

Benefícios da separação de resíduos

A separação dos recicláveis é importante porque garante que os materiais ​​sejam reutilizados na fabricação de novos produtos. Hoje em dia, muitos produtos feitos de plástico podem ter em sua composição o plástico reciclado, elevando a vida útil de algo que seria descartado no lixo comum, se não fosse a reciclagem.

As cores da reciclagem

Para que haja uma verdadeira mudança de hábitos é fundamental instalar – em casa ou no ambiente de trabalho – lixeiras ou tambores com as cores correspondentes da reciclagem. Além disso, também é válido colocar uma lista, de fácil visualização, com o que pode e o que não pode ser reciclado em cada um dos tambores. Confira a seguir cada um deles:

Azul – Papel

Nas lixeiras recicláveis azuis podem ser descartados folhas de impressão, papéis de presente, livros, revistas, folhas de agendas e cadernos, caixas de papelão, papel cartão, jornais, etc.

Papéis que não podem ser reciclados: papéis encerados ou plastificados, além de papel carbono, papel higiênico, papel toalha, papéis fotográficos, etiquetas e adesivos, papéis molhados ou muito sujos, lenços e guardanapos.

Vermelho – Plástico

Neste recipiente é possível descartar sacos plásticos, embalagens plásticas em geral, garrafas PET, canos e tubos plásticos, baldes quebrados, potes para alimentos, tubos de canetas, escovas de dente etc.

Plásticos que não podem ser reciclados: alguns tipos de plásticos não podem ser reciclados, no entanto, é melhor separar todos os tipos de plástico (mesmo embalagens de biscoitos e chocolates, que são metalizadas) e enviar para a reciclagem.

Verde – Vidros

Por ser um material cortante, o vidro pode causar acidentes. Por isso, o ideal é que este resíduo seja identificado (e, se possível, colocado em uma caixa de papelão) quando for enviado para a reciclagem. Neste coletor você pode depositar garrafas e copos, potes, frascos, travessas etc.

Vidros que não podem ser reciclados: vidros de carros, lâmpadas, ampolas de medicamentos, cristal, cerâmicas, louças e vidros temperados.

Amarelo – Metais

São os mais comuns na reciclagem. Neste recipiente podem ser colocados latas de bebidas, latas de conservas, tampas de garrafas e outros materiais metálicos ou de alumínio.

Metais que não podem ser reciclados: esponjas de aço, grampos, pregos e clips de papel.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.