Entenda o conceito de embalagens primárias, secundárias e terciárias

© Depositphotos.com / derepente As embalagens são classificadas de acordo com a suas funções.

A principal função de uma embalagem é preservar a qualidade de determinado produto, protegendo sua integridade no transporte e armazenamento. Além disso, ela favorece a divulgação do produto, uma vez que carrega o nome da marca e sua identidade visual. A embalagem também serve para auxiliar o consumidor, que pode encontrar informações a respeito de como o produto foi fabricado e a melhor forma de manuseá-lo.

Embalagens primárias, secundárias e terciárias

As embalagens podem ser classificadas de acordo com suas funções, dividindo-se entre embalagens primárias, secundárias e terciárias. Entenda o que é cada uma a seguir:

Embalagens primárias

As chamadas embalagens primárias ficam em contato direto com o produto que elas carregam. É o caso, por exemplo, de um vidro de shampoo ou uma garrafa de refrigerante.

Embalagens secundárias

Tratam-se embalagens que abrigam uma ou mais embalagens primárias. É o caso da caixa de papelão que protege a embalagem primária da pasta de dentes ou a caixa que abriga o saco plástico com cereais.

Embalagens terciárias

As embalagens terciárias agrupam várias outras embalagens primárias e secundárias, auxiliando no transporte e armazenamento. Caixas de papelão e sacolas plásticas de mercado são exemplos de embalagens terciárias.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.