Saiba como empreender e lucrar reciclando sucata

Quando se fala em sucata, logo se pensa em um amontoado de materiais sem nenhuma valia, mas, na verdade, é totalmente o oposto disso.

Ao empreender nesse tipo de resíduo que sobra dos processos de fabricação, é possível lucrar com o que parece não ter mais serventia.

Quando as sucatas passam pelo processo de reciclagem, podem virar matéria-prima ou subprodutos, ambos com valor comercial. Tratando os materiais, não apenas se faz uma valorosa atuação para conter os problemas decorrentes do excesso de lixo e da destinação incorreta das sobras, como também poupa o planeta e a extração desenfreada de recursos naturais.

Saiba mais sobre como tirar o melhor proveito desses resíduos.

Entenda a importância da reciclagem

Modificando seus estados físico, físico-químico ou biológico, os resíduos ganham características que os transformam novamente em matéria-prima ou produto.

A reciclagem diminui a geração de rejeitos e seu acúmulo na natureza, evitando a degradação ambiental e problemas de saúde pública, além de preservar os recursos naturais, já que as sucatas recicladas substituem o material virgem utilizado na fabricação dos produtos.

O processo envolve quatro fases: coleta e separação dos resíduos; a revalorização, fase intermediária entre a triagem e a reciclagem do material e, por fim, a transformação, na qual ocorre o processamento dos materiais para que sejam reciclados.

Verifique o potencial da sucata

As sucatas são provenientes de diferentes setores produtivos, como a indústria automobilística, siderúrgica, naval e de construção civil. Há também a chamada sucata obsolescência, originada de produtos que já cumpriram seu ciclo de vida útil, como máquinas, fogões e geladeiras.

De maneira geral, os materiais têm potencial de transformação, por meio de técnicas de reaproveitamento. A reciclagem de uma tonelada de sucata de alumínio, por exemplo, economiza 5 toneladas de bauxita, um recurso natural não-renovável, além da economia de energia, em torno de 95% em relação ao processo primário. Outro fator positivo é que, com a reciclagem desse material, evita- se toda a lama vermelha (resíduo da mineração).

Outro exemplo é a potencialidade de reciclagem do aço. Cada tonelada reciclada representa uma economia de 1.140 kg de minério de ferro, 154 kg de carvão e 18 kg de cal.

Analise as sucatas mais lucrativas

Alguns tipos de sucata são mais valorizados, tanto para a venda quanto para a compra. Entre os materiais que se enquadram nesse perfil estão:

  • Sucata de ferro:
  • tem grande aplicabilidade na construção mecânica. Pode ser empregada para construir máquinas, ferramentas, estruturas e instalações que necessitam de materiais de grande resistência;

  • Sucata de cobre:
  • metal 100% reciclável, podendo ser transformado diversas vezes sem qualquer perda de desempenho ou qualidade. É empregado, principalmente, na transmissão elétrica e na telefonia;
    Sucata de alumínio: pode ser picotada e fundida, gerando o alumínio líquido. A sucata reciclada pode ser transformada em lingote e chapas de alumínio, utilizada na fabricação de embalagens;

  • Sucata de aço:
  • um dos materiais mais recicláveis e reciclados. Alimentam os fornos das siderúrgicas, tornando-se novamente aço com a mesma qualidade.

    Compartilhe:

    Entre em Contato com a Fragmaq

    Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.