Descubra o tempo de decomposição dos materiais no meio ambiente

A decomposição é um processo natural de transformação da matéria orgânica em minerais que, por sua vez, podem ser assimilados pelas plantas para a produção de matéria viva. Esta é a etapa que fecha e reinicia os ciclos biogeoquímicos responsáveis pelo equilíbrio e sobrevivência dos ecossistemas.

Este processo de decomposição, porém, é bastante complexo e depende de uma combinação de fatores que incluem: temperatura, umidade, luminosidade, pressão atmosférica, disponibilidade de oxigênio e quantidade de microrganismos decompositores presentes no ambiente.

flickr.com / association GADEL Lot Estima-se que o tempo mínimo para a decomposição de pneus seja 600 anos.

A decomposição de um único material pode levar muitos anos para ser concluída. E para minimizar o acúmulo de lixo e a degradação do meio ambiente, é fundamental que a população evite o desperdício de materiais que poderiam ser reaproveitados por meio da reciclagem.

Para ter uma ideia mais clara de qual é a sua responsabilidade em relação ao lixo, vale a pena conhecer o tempo médio que alguns materiais comuns levam para se decompor naturalmente. Confira a seguir:

Tempo de decomposição dos materiais

Papel: de 3 meses a vários anos;

Cascas de banana ou laranja: entre 2 e 24 meses;

Pano: de 6 a 12 meses;

Filtros de cigarro: 5 anos;

Palito de fósforo: 6 meses;

Chiclete: 5 anos;

Madeira pintada: 13 anos;

Embalagens tipo longa vida: até 100 anos;

Sacos e sacolas plásticas: mais de 100 anos;

Latas de alumínio: de 100 a 500 anos;

Fralda descartável: 600 anos;

Vidro: tempo indeterminado;

Borracha: tempo indeterminado.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.