Confira 3 exemplos de economia circular

HS3RUS / iStock / Getty Images Plus A economia circular tem como objetivo reaproveitar ao máximo os produtos, materiais e outros componentes.

Pare para pensar em como a natureza funciona: se uma fruta cai e estraga, ela se torna adubo para as plantas. Este é um processo marcado pelo reaproveitamento total e pela ausência de desperdício: é tudo cíclico, e tudo que nasce eventualmente é utilizado novamente pela própria natureza.

Essa ideia é a mesma que apoia o conceito de economia circular, que é baseada na inteligência do planeta. O que acontece, porém, é que esse processo cíclico está sendo atrapalhado pela interferência humana e encontra cada vez mais dificuldades em se sustentar. A produção industrial se beneficia da economia circular por diminuir as taxas de desperdício, enquanto o meio ambiente se beneficia pela redução da quantidade de lixo produzido.

A economia circular é uma técnica similar à chamada “cradle to cradle”, ou “do berço ao berço”. A ideia é ter o máximo de reaproveitamento de produtos, materiais e outros componentes, mesmo quando se acredita que eles são apenas resíduos.

O sistema linear está ultrapassado por produzir muitos resíduos, e a economia circular pretende mudá-lo por completo. Ela surgiu a partir de diversos outros conceitos sustentáveis — como a ecologia industrial, blue economy, biologia sintética, design regenerativo, economia de performance e biomimética.

Exemplos de economia circular na prática

Coca-Cola

Uma das marcas mais famosas e bem-sucedidas do mundo trabalha com a ideia de economia circular: foi o que fizeram em seu aniversário de 100 anos, quando estabeleceram uma parceria com outra empresa (Verallia) para derreter os vidros de suas garrafas. O material resultante foi usado para a criação de novas embalagens, demonstrando um reaproveitamento de 100%.

Unilever

Assim como a Coca-Cola, a Unilever é parceira da fundação Ellen MacArthur. Juntos, eles estão trabalhando para desenvolver produtos de rápida circulação, colaborando com outros gigantes da indústria para criar mudanças sistêmicas nos ciclos de embalagens de plástico e desenvolvendo recursos para aplicar mudanças em todos os níveis do negócio (já que a Unilever oferece produtos que vão de alimentos até itens de higiene pessoal).

Apple

Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo já agia com base na economia circular mesmo antes do termo ganhar vida. Todas as lojas da Apple aceitam produtos próprios para reciclagem gratuita, e o programa Apple Renew oferece créditos aos clientes que trouxerem aparelhos de celular antigos, para que eles consigam os aparelhos novos mais baratos. Eles também trabalham em conjunto com a fundação Ellen MacArthur.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.