Caroço de Açaí: aproveitamento energético do açaí

Entre os resíduos orgânicos que podem ser utilizados na produção de energia está o caroço de açaí. Essa fruta de origem amazônica fica disponível para colheita durante seis meses do ano, possui baixo custo em sua produção e para cada tonelada de açaí, 80% que sobra é composto por sua biomassa principal, o caroço.

Flickr.com/borderlys O caroço do açaí pode ser transformado em energia elétrica, mecânica e gás combustível para uso em caldeiras.

Atualmente, o caroço de açaí possui maior produção no estado do Pará e pode ser transformado em energia elétrica, mecânica e gás combustível para uso em caldeiras, substituindo a lenha e o carvão que liberam gases nocivos ao meio ambiente. Além de promover maior sustentabilidade ambiental, essa biomassa também é reutilizada na fabricação de ração para animais, café e até na produção de móveis.

Para utilizar o caroço de açaí como combustível é necessário instalar injetores de biomassa e construir galpões para secar e manter o caroço seco. Entre as vantagens no potencial energético do caroço está a sua conversão, pois a queima dessa biomassa emite menos gás carbônico (CO2) que os óleos derivados do petróleo. Além disso, para o seu transporte não é necessário apresentar nenhuma documentação, o que facilita a chegada da carga.

Conversão energética do caroço de açaí

A riqueza do açaí normalmente está vinculada ao seu valor nutricional, mas o seu caroço, que normalmente é descartado, também tem um excelente poder calorífico (quantidade de energia interna). Sem destino útil, o caroço reage com outros elementos descartados inadequadamente e gera gases de efeito estufa.

 

Para mudar esse cenário, o caroço de açaí passa pelo processo de gaseificação: tecnologia que converte essa biomassa em energia. Nesse processo, o caroço seco é encaminhado para o gaseificador, onde acontece a combustão da biomassa a uma temperatura de 900C0, liberando um gás quente que passa por uma limpeza e um resfriamento. Em seguida, esse gás é consumido por um motor de combustão interna acoplado a um gerador elétrico que produz a eletricidade.

É importante valorizar recursos naturais como o caroço de açaí, assim é possível ajudar populações carentes a aumentar a sua renda e ainda agregar valor comercial e ambiental a um insumo que antes era descartado no lixo.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.