Arco do desmatamento na Amazônia

Flickr.com / Ana_Cotta As grandes degradações provocadas pelo homem têm colocado em risco a biodiversidade da região.

Para entendermos as questões que envolvem o desmatamento da Amazônia, precisamos, primeiramente, compreender a magnitude e a importância dessa região:

– A floresta Amazônica representa cerca de um terço das florestas tropicais existentes no mundo;

– Concentra mais da metade de toda a biodiversidade existente em nosso planeta;

– Por meio dos processos de transpiração e evaporação das árvores, a floresta Amazônica ajuda a manter o equilíbrio climático em nosso planeta;

– A floresta também desempenha um importante papel na manutenção de serviços ecológicos fundamentais;

– Outro beneficio da floresta Amazônica está em sua forma de funcionamento, uma vez que serve como grandes armazéns de carbono, dentre outros.

Todavia, em face das grandes degradações humanas provocadas na região, principalmente desde a década de 1980, todo esse paraíso natural imprescindível ao nosso planeta vem sendo fortemente ameaçado.

 

O Arco do desmatamento:
É importante salientar que nove estados brasileiros pertencem à região conhecida como Bacia Amazônica, são eles: Amazonas, Pará, Acre, Rondônia, Amapá, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão e do Mato Grosso do Sul.

Outro ponto importante é que os maiores índices de desmatamento da região são encontrados em locais onde a fronteira agrícola avança em direção à floresta.

Essa região específica compreende mais de 500 mil km² de terras, que se estendem do sul e do leste do Pará em direção oeste, passando pelos estados do Acre, Rondônia e Mato Grosso, no que também é chamado de arco do desmatamento.

 

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.