Reciclagem de livros: reciclar livros significa reciclar ideias

Mais do que reciclar a matéria-prima, reciclar livros pode ser transmitir ideias e conhecimento. Afinal, aquele livro há anos na estante que não interessa mais, pode ser muito útil para alguém. Passar adiante um livro já lido também é uma iniciativa louvável e sustentável.

Flickr.com/SamuelJohn.de A doação e a troca são boas alternativas para reciclar livros.

Foi pensando nisso que algumas comunidades de troca de livros começaram a fazer sucesso na internet. Os sites www.livralivro.com.br e www.trocandolivros.com.br são bons exemplo. O processo é bem simples, usuários cadastrados montam suas listas de obras desejadas e livros que disponibilizam para troca. Assim, quando alguém pesquisa e encontra um livro presente na lista de outro usuário, solicita a troca.

Também existe outra alternativa bem interessante para destinar as publicações antigas da prateleira: sites de compra e venda de usados. O www.estantevirtual.com.br hoje conta com quase 750 mil pessoas cadastradas e 7 milhões de títulos. Dentre os cadastrados, encontram-se sebos, leitores que querem vender os seus livros usados, além de pessoas ávidas por obras raras ou muitas vezes esgotadas nas livrarias.

Saindo do universo virtual, também existem diversas Feiras do Livro espalhadas por todo o país. As feiras possibilitam a troca direta, promovendo a literatura a quase 10 milhões de pessoas todos os anos, segundo a Fundação Biblioteca Nacional.

Além da troca e venda de livros com ótimos descontos, também acontecem atividades diversas nas Feiras do Livro. São debates, sessões de autógrafos, conversas com autores e iniciativas culturais, como teatro, música e dança.

A reciclagem de livros entre leitores é muito válida, mas é claro que, quando a publicação não está mais em condições de ser repassada, pode-se criar maneiras bem criativas para reutilizá-la. A dica aqui é um toque culto e charmoso para qualquer ambiente.

Que tal utilizar livros antigos e fortes para montar uma banqueta?

Ou até mesmo um aparador? É só colocar um vidro na pilha de livros e se destacar na criatividade do ambiente.

A terceira sugestão é mais ousada e não menos charmosa. Um vaso, onde se retira o centro das páginas, acrescentando terra e a semente de sua preferência. Só não se esqueça de escolher uma planta de pequeno porte.

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.

  • seta