O Selo Verde e outros Selos Ambientais

© Depositphotos.com / Giovanni_Cancem Os selos ambientais certificam os produtos que apresentam menor impacto ambiental.

Com o intuito de promover uma melhora significativa da qualidade ambiental de processos, produtos, bens e serviços e, com isso, mobilizar e conscientizar tanto os consumidores como o mercado e os produtores, foram criados diversos tipos de certificados chamados de “selos ambientais”.

Os selos ambientais podem ser entendidos como uma certificação concedida a produtos ambientalmente corretos e adequados, que apresentem um menor impacto ambiental se comparados aos seus concorrentes no mercado.

De uma maneira direta, os selos verdes têm como objetivo:

• Encorajar e desenvolver entre produtores a adoção de práticas e tecnologias ambientalmente corretas no setor que operam, estimulando assim avanços ambientais.

• Promover a orientação e a conscientização dos consumidores no processo de decisão de compra de algum produto que produza menos impactos ambientais.

• Promover o consumo sustentável de produtos, bens e serviços.

• Promover a redução dos impactos e dos problemas ambientais, assim como

a melhoria da produção de produtos pelo prisma da sustentabilidade.

• Proporcionar a satisfação e a melhoria da qualidade de vida de consumidores e da sociedade em geral.

Pesquisas recentes apontam que os consumidores brasileiros estão cada vez mais conscientes na hora de adquirir um produto. Dados apontam que atualmente 2 entre 10 consumidores optam por produtos certificados e ambientalmente corretos. Sendo assim, é importante ressaltar a importância mercadológica na aquisição de um selo ambiental para algum produto, bem ou serviço, uma vez que os selos ambientais asseguram a responsabilidade ambiental de determinada marca. Há também ganhos na melhoria da imagem e, consequentemente, uma maior probabilidade de lucros.

Todavia devemos sempre nos atentar ao tipo de selo verde que está embutido em determinado produto. Muitos produtores podem emitir algum certificado de origem própria, sem qualquer tipo de fiscalização de órgão competente.

É importante optar por produtos que contenham selos emitidos por órgãos fiscalizadores oficiais ou ONGs, como, por exemplo, o famoso FSC ou Forset Stewardship Council, emitido para produtos que contenham madeira certificada e fiscalizada.

No Brasil, a certificação ISO 14001 é relativa à qualidade ambiental de produtos. Para a aquisição dessa certificação, e sua consequente manutenção, as empresas precisam se reportar à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.

  • seta