Confira os tipos de lixo recicláveis mais comuns

© Depositphotos.com / Andreus Os tipos mais comuns de lixo reciclável são: papel, vidro e plástico.

Com o aumento desenfreado da população, o lixo vem se tornando cada dia mais um grande problema para a sociedade e para o meio ambiente. Segundo dados da associação Compromisso Empresarial para Reciclagem (CEMPRE), o Brasil produz mais de 240 mil toneladas de lixo diariamente, sendo que apenas 2% desses resíduos são reciclados.

A reciclagem é um processo que consiste na modificação de alguns materiais usados, que são transformados em novos produtos para consumo. Trata-se de uma ação essencial para a preservação dos recursos naturais, mas que muitas pessoas ainda não entenderam como é importante para a sustentabilidade e para a sociedade como um todo.

Vale destacar que a reciclagem do lixo é responsável por baratear os custos de produção, além de minimizar a poluição do solo, da água e do ar — associados ao descarte incorreto de resíduos —, contribuindo diretamente para a preservação da natureza.

3 tipos de lixo recicláveis mais comuns

Papel

O papel é um dos produtos mais utilizados nas atividades do dia a dia. Para a fabricação de 1 tonelada desse material, porém, é necessário que 10 a 12 árvores sejam cortadas. Esses números mostram como a reciclagem de papel é essencial para evitar os processos de desmatamento.

Características do papel:

  • Tempo de decomposição do papel na natureza: 3 a 6 meses;
  • Tipos de papéis recicláveis: jornais, revistas, cadernos, envelopes, listas telefônicas, cartazes, impressos, rascunhos, aparas de papel, caixas de papelão e embalagens longa vida;
  • Tipos de papéis que não podem ser reciclados: sujos, engordurados, fitas adesivas, etiquetas adesivas, papéis metalizados, plastificados, parafinados e papéis fotográficos.

 

Vidro

Utilizado como embalagem para diversos produtos, o vidro é um material extremamente versátil, podendo ser reciclado muitas vezes sem perder suas qualidades e características. A realização desse processo reduz o consumo de matéria-prima e minimiza o acúmulo desses resíduos nos aterros.

Características do vidro:

  • Tempo de decomposição na natureza: indeterminado;
  • Tipos de vidros recicláveis: garrafas de bebidas, potes de alimentos, cacos de vidros, frascos de remédios vazios, perfumes, pratos, tigelas e copos;
  • Tipos de vidros que não podem ser reciclados: espelhos, vidros temperados, louças, lentes de óculos, lâmpadas, cristal, cerâmica, porcelana, vidro de automóveis e vidros de janela.

 

Plástico

O plástico é um dos materiais mais utilizados pela sociedade e, justamente por isso, a destinação incorreta desse material vem sendo bastante discutida nos dias de hoje. São encontrados nos oceanos 8 milhões de toneladas de plásticos por ano e, por isso, sua reciclagem é muito importante para a preservação do meio ambiente.

Características do plástico:

  • Tempo de decomposição na natureza: 450 anos;
  • Tipos de plásticos recicláveis: garrada PET, potes de plásticos, tampas de embalagens, sacos plásticos, canos de PVC, componentes plásticos utilizados em eletrodomésticos, engradados, copos descartáveis, brinquedos de plásticos e embalagens de produtos de limpeza;
  • Tipos de plásticos que não podem ser reciclados: acrílico, adesivo, cabo de panela, papel celofane, embalagens metalizadas e espuma.
Compartilhe:

Entre em Contato com a Fragmaq

Quer conhecer nossos equipamentos e serviços ou compartilhar alguma dica sobre sustentabilidade? Preencha o formulário e envie sua solicitação. Nossa equipe está à disposição para ouvi-lo.

  • seta